Brasil

Controle de Mosquitos, vetores de Arbovírus como Zika, Dengue, Febre Amarela e Chikungunya e outros ...

Descrição: 
Título completo: Controle de Mosquitos, vetores de Arbovírus como Zika, Dengue, Febre Amarela e Chikungunya e outros com substâncias naturais extraídas de plantas brasileiras. Vídeoaula sobre "Controle de Mosquitos, vetores de Arbovírus como Zica, Dengue, Febre Amarela e Chikungunya e outros com substâncias naturais extraídas de plantas brasileiras", por Margareth Queiroz, pesquisadora titular em saúde pública do Instituto Oswaldo Cruz da Fiocruz e chefe do Laboratório de Entomologia médica e Forense, durante o evento: Colóquios da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2019, tem como tema "Bioeconomia: Diversidade e Riqueza para o Desenvolvimento Sustentável". Data: 16 Outubro de 2019

Conferência Estadual de Vigilância em Saúde da Paraíba

Descrição: 
O apresentador do Bate Papo na Saúde, Paulo Bellardi conversa com o conselheiro estadual de saúde/PB, Jamacyr Mendes e com a gerente de Vigilância em Saúde/SES-PB, Renata Valentim Nóbrega sobre a 1ª Conferência Estadual de Vigilância em Saúde/PB, que tem como tema central, “Vigilância em saúde: direito, conquista e defesa de um SUS público de qualidade".

Dengue, Zika e os eventos esportivos de massa no Brasil: qual o risco a que se submeteram nossos visitantes?

Descrição: 
Videoaula sobre "Dengue, Zika e os eventos esportivos de massa no Brasil: qual o risco a que se submeteram nossos visitantes?", por Claudio Struchiner, pesquisador do Programa de Computação Científica (PROCC) Presidência da Fiocruz, durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) de 2017 com o tema "A Matemática está em tudo” e por meio da realização do Colóquio Fiocruz, os pesquisadores apresentaram como a matemática está na saúde.

A saúde pública no Brasil

Descrição: 
Vídeos recursos do livro eletrônico - o território e o processo saúde-doença. Vídeo produzido para o Programa de Formação de Agentes Locais de Vigilância em Saúde (PROFORMAR) que trata da história da saúde pública no Brasil da Escola Politécnica em Saúde Joaquim Venâncio.

Vetores da Doença de Chagas no Brasil (Região Nordeste)

Descrição: 
Bloco de cartões ilustrados sobre os vetores da doença de Chagas no Brasil, desenvolvido em 2013 pelo Laboratório Nacional e Internacional de Referência em Taxonomia de Triatomíneos do Instituto Oswaldo Cruz da Fundação Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) e editores:  José Jurberg, Cleber Galvão, Dayse Rocha, Felipe F. F. Moreira, Carolina Dale, Juliana M.S. Rodrigues, Valdir D. Lamas Jr. e Vanda Cunha. Laboratório Nacional e Internacional de Referência em Taxonomia de Triatomíneos. Os blocos de cartões ilustrados, contribuem para ajudar na identificação dos vetores da doença. O material poderá ser utilizado por técnicos que fazem vistorias e coletam os barbeiros e, também, em ações de educação em saúde. Como a distribuição das espécies de barbeiros é bastante distinta no país, foram produzidos cinco conjuntos de cartões, um para cada região do Brasil (Região Norte; Região Sul; Região Sudeste; Região Nordeste; Região Centro-Oeste).

Vetores da Doença de Chagas no Brasil (Região Norte)

Descrição: 
Bloco de cartões ilustrados sobre os vetores da doença de Chagas no Brasil, desenvolvido em 2013 pelo Laboratório Nacional e Internacional de Referência em Taxonomia de Triatomíneos do Instituto Oswaldo Cruz da Fundação Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) e editores:  José Jurberg, Cleber Galvão, Dayse Rocha, Felipe F. F. Moreira, Carolina Dale, Juliana M.S. Rodrigues, Valdir D. Lamas Jr. e Vanda Cunha. Laboratório Nacional e Internacional de Referência em Taxonomia de Triatomíneos. Os blocos de cartões ilustrados, contribuem para ajudar na identificação dos vetores da doença. O material poderá ser utilizado por técnicos que fazem vistorias e coletam os barbeiros e, também, em ações de educação em saúde. Como a distribuição das espécies de barbeiros é bastante distinta no país, foram produzidos cinco conjuntos de cartões, um para cada região do Brasil (Região Norte; Região Sul; Região Sudeste; Região Nordeste; Região Centro-Oeste).

Cronologia da Poliomielite no Brasil

Descrição: 
Apresentação de Eduardo S. P. Maranhão, médico especializado em clínica médica (médico de Saúde da Família), epidemiologista, sanitarista do Departamento de epidemiologia e métodos quantitativos em saúde da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca da Fiocruz. Material elaborado em 2000 para discussão e análise, como eixo básico da pesquisa 'A história da Poliomielite e de sua erradicação no Brasil' (pesquisa do Laboratório de História de Doença-Grupo da Pólio, do Depto de Pesquisa da Casa de Oswaldo Cruz/Fiocruz). Tópicos: Eixo Político-Estratégico; Eixo Técnico-Estratégico; Eixo Técnico-Epidemiológico. O autor disponibiliza os e-mails: maranhao@ensp.fiocruz.br e emaranhao@hotmail.com para futuros contatos. Arquivo disponível para leitura no link: http://www5.ensp.fiocruz.br/biblioteca/dados/txt_914684354.ppt
Inscreva-se em Brasil