pt-br

Fiocruz no Ar - Tuberculose 01 - Diagnóstico e tratamento

Descrição: 
Se você apresenta tosse seca por mais de três semanas, febre ao final da tarde, suor noturno, emagrecimento e muito cansaço, cuidado! Pode ser tuberculose! A doença, considerada uma das mais perigosas no mundo, atinge cerca de 30 pessoas por dia e chega a matar, diariamente 4.500 pessoas, segundo dados da Organização Mundial da Saúde – OMS. Para alertar a população sobre os riscos da tuberculose, a OMS e a União Internacional contra a Tuberculose e Doenças Pulmonares estabeleceram 24 de março como Dia Mundial de Combate à Tuberculose. Neste dia, em 1882, o dr. Roberto Koch conseguiu identificar a bactéria causadora da doença – bacilo de Koch – abrindo o caminho para o diagnóstico e a cura a doença. Para alertar a população sobre o tema, o projeto Fiocruz no Ar produziu dois podcasts sobre a tuberculose, com a participação da pesquisadora da Fiocruz Bahia, Theolis Bessa, e da médica pneumologista Maria do Carmo Corbaxo. Antibióticos e tuberculose Um dos problemas encontrados no tratamento da tuberculose em todo o mundo é a resistência bacteriana, uma vez que o uso indiscriminado de antibióticos pode levar a uma resistência maior do organismo aos medicamentos que combatem à doença. Em 2017, 82% das pessoas com tuberculose apresentavam resistência aos antibióticos comumente usados para tratar a doença, segundo dados da OMS.

Fiocruz no Ar: Infecção Hospitalar [desinfecção das mãos]

Descrição: 
Infecções provocadas por bactérias resistentes matam cerca de 700 mil pacientes por ano, segundo dados da União Europeia para Saúde e Segurança Alimentar. Estudos apontam que este número pode chegar a 10 milhões de pessoas em 2050. Um dos principais focos das infecções provocadas por bactérias resistentes está nos hospitais. No Brasil, a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas/OMS) estima que a taxa de infecções hospitalares atinja 14% das internações. Medidas simples podem ajudar a evitar a problema como a frequente lavagem das mãos, tanto por parte dos visitantes quanto da equipe dos profissionais de saúde.

A Puberdade no Menino

Descrição: 
O programa vai falar sobre aquele período, que fecha a infância e dá início à adolescência, em que os garotos começam a engrossar a voz, o corpo estica e aparecem pelos e espinhas no rosto. Vamos ajudar pais e filhos a lidarem com a ansiedade que pode ser gerada pela chegada da puberdade nos meninos. Para abordar o assunto, a apresentadora Marcela Morato conversa com a endocrinologista pediátrica do Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (NESA/UERJ), Cláudia Braga. Participantes: Eduardo Costa, repórter; Aline Sudo, mãe dos adolescentes: Arthur Sudo, 16 anos; Bibiana Sudo, 11 anos. Saiba Mais: Baixe a Caderneta de Saúde do Adolescente http://portalms.saude.gov.br/saude-para-voce/saude-do-adolescente-e-do-jovem/caderneta-do-adolescente

PICS: Apiterapia

Descrição: 
O programa apresenta mais uma edição da série especial sobre Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (PICS) que fazem parte do SUS. Dessa vez, falaremos sobre a Apiterapia, terapia que usa produtos feitos pelas abelhas, como mel, própolis, geleia real e até o veneno desses insetos, para o tratamento de diversos males. Para conhecer essas potencialidades, a apresentadora Marcela Morato entrevista o apiterapeuta e apicultor José Luiz Vazquez Seijes. Participantes: Pacientes Marlene Tatagiba Cajueiro, 64 anos e Maria Nazaré Santana, 61 anos

Fascite Plantar

Descrição: 
Esta edição do Ligado em Saúde fala sobre fascite plantar, explica por que ela ocorre, quais os fatores que contribuem para seu aparecimento, diz qual o tratamento indicado e orienta exercícios que podem aliviar e prevenir a dor. Para falar sobre o assunto, a apresentadora Marcela Morato recebe o ortopedista, especialista em pé e tornozelo, do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad (INTO), Vítor Miranda.

PICS: Geoterapia

Descrição: 
No último programa da série especial que apresentou as Práticas Integrativas e Complementares em Saúde oferecidas pelo SUS, o Ligado em Saúde fala sobre a Geoterapia, uma prática que utiliza pedras, cristais e argila para promover o bem-estar e o equilíbrio. Para saber mais sobre o assunto, a apresentadora Marcela Morato conversa com o terapeuta holístico e geoterapeuta, Cláudio Lourenço. Participantes: Nathaly Ferrari, terapeuta holística e professora de Tai Chi Chuan.

Fiocruz no Ar: Tuberculose 02 - Tuberculose resistente

Descrição: 
Se você apresenta tosse seca por mais de três semanas, febre ao final da tarde, suor noturno, emagrecimento e muito cansaço, cuidado! Pode ser tuberculose! A doença, considerada uma das mais perigosas no mundo, atinge cerca de 30 pessoas por dia e chega a matar, diariamente 4.500 pessoas, segundo dados da Organização Mundial da Saúde – OMS. Para alertar a população sobre os riscos da tuberculose, a OMS e a União Internacional contra a Tuberculose e Doenças Pulmonares estabeleceram 24 de março como Dia Mundial de Combate à Tuberculose. Neste dia, em 1882, o dr. Roberto Koch conseguiu identificar a bactéria causadora da doença – bacilo de Koch – abrindo o caminho para o diagnóstico e a cura a doença. Para alertar a população sobre o tema, o projeto Fiocruz no Ar produziu dois podcasts sobre a tuberculose, com a participação da pesquisadora da Fiocruz Bahia, Theolis Bessa, e da médica pneumologista Maria do Carmo Corbaxo. Antibióticos e tuberculose. Um dos problemas encontrados no tratamento da tuberculose em todo o mundo é a resistência bacteriana, uma vez que o uso indiscriminado de antibióticos pode levar a uma resistência maior do organismo aos medicamentos que combatem à doença. Em 2017, 82% das pessoas com tuberculose apresentavam resistência aos antibióticos comumente usados para tratar a doença, segundo dados da OMS.

Fiocruz no Ar: Tuberculose 01 - Diagnóstico e tratamento

Descrição: 
Audiorelease "Podcast 02" sobre Tuberculose, diagnóstico e tratamento da produção de 18 audioreleases – matérias jornalísticas em áudio, no formato MP3 - para divulgação de pesquisas e projetos desenvolvidos pela Fiocruz, em especial sobre o tema da Resistência Microbiana, que serão distribuídos via "mailing list" para emissoras de rádio de todo Brasil: comerciais, estatais, universitárias, comunitárias e de movimentos sociais – já prontos para veiculação. Também serão distribuídos, via inclusão no Boletim Informativo da Agência Fiocruz de Notícias, para o "mailing" da Fiocruz e para demais veículos de comunicação como sugestão de pauta. A doença, considerada uma das mais perigosas no mundo, atinge cerca de 30 pessoas por dia e chega a matar, diariamente 4.500 pessoas, segundo dados da Organização Mundial da Saúde – OMS. Para alertar a população sobre os riscos da tuberculose, a OMS e a União Internacional contra a Tuberculose e Doenças Pulmonares estabeleceram 24 de março como Dia Mundial de Combate à Tuberculose. Neste dia, em 1882, o dr. Roberto Koch conseguiu identificar a bactéria causadora da doença – bacilo de Koch – abrindo o caminho para o diagnóstico e a cura a doença. Para alertar a população sobre o tema, o projeto Fiocruz no Ar produziu dois podcasts sobre a tuberculose, com a participação da pesquisadora da Fiocruz Bahia, Theolis Bessa, e da médica pneumologista Maria do Carmo Corbaxo.

Fiocruz no Ar - Infecção Hospitalar

Descrição: 
Audiorelease "Podcast 01" sobre Infecção Hospitalar [resistência microbiana e desinfecção das mãos] da produção de 18 audioreleases – matérias jornalísticas em áudio, no formato MP3 - para divulgação de pesquisas e projetos desenvolvidos pela Fiocruz, em especial sobre o tema da Resistência Microbiana, que serão distribuídos via "mailing list" para emissoras de rádio de todo Brasil: comerciais, estatais, universitárias, comunitárias e de movimentos sociais – já prontos para veiculação. Também serão distribuídos, via inclusão no Boletim Informativo da Agência Fiocruz de Notícias, para o "mailing" da Fiocruz e para demais veículos de comunicação como sugestão de pauta. Os audioreleases ficarão disponíveis para download no Portal Fiocruz, na Agência Fiocruz de Notícias, no repositório institucional da Fiocruz - Arca - e também no "Soundcloud". Aliado a isso, utilizaremos como estratégia de divulgação o envio dos áudios via whatsapp, usando o aplicativo para potencializar a divulgação científica de forma mais dirigida e também como estratégia de combate às fake news. Os audioreleases, com duração máxima de 3 (três) minutos, terão como fonte um cientista ou responsável pelo projeto e personagens, de modo a ilustrar o tema de forma mais cotidiana e coloquial para o ouvinte.

Páginas

Inscreva-se em pt-br