SESDEC

Ceensp: Carga da Mortalidade no Estado do Rio de Janeiro - Magda Chagas

Descrição: 
Exposição da superintendente de Programação em Saúde da Sesdec/RJ Magda Chagas. O arquivo está disponível para audição e/ou download no ícone ao lado.

Mesa-redonda 'Ações da Vigilância Sanitária no SUS' - Francisco de Faria Neto.

Descrição: 
Apresentou os atuais números da área de vigilância sanitária municipal de Niterói e explicou que a vigilância sanitária é hoje uma realidade distante da sociedade, uma vez que sua relação se dá muito mais com os donos de estabelecimentos comerciais do que com a população em geral. "Temos que mudar isso. Investir em comunicação e ações para fazer com que a sociedade conheça o nosso trabalho e veja a importância que temos para a saúde como um todo", afirmou. Os arquivos estão disponíveis para leitura, audição e/ou download por meio dos ícones ao lado.

Mesa-redonda 'Ações da Vigilância Sanitária no SUS' - Jorge Cavalcante de Oliveira

Descrição: 
Abordou a questão da descentralização no Rio de Janeiro. A vigilância sanitária se descentralizou mais tardiamente do que a saúde - iniciando em 1998 - e, hoje, uma grande discussão gira em torno de definir se todas as ações de vigilância sanitária devem ser descentralizadas ou apenas algumas. Para o representante da Sesdec/RJ, a função do estado é coordenar o subsistema de vigilância sanitária e fornecer capacitação para todo esse sistema, e não complementar as ações que os municípios não conseguem executar. O arquivo está disponível para audição e/ou download por meio do ícone ao lado.

Mesa-redonda 'Ações da Vigilância Sanitária no SUS' - Maria Cecília Martins Brito

Descrição: 
Coordenação de Vera Pepe (Daps/ENSP/Fiocruz) e exposição da diretora da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Maria Cecília Martins Brito. Revelou os pontos norteadores das ações de vigilância sanitária promovida pela Agência. Enquanto um é voltado para a estruturação e fortalecimento da gestão, o outro destina-se às estratégias para o gerenciamento do risco sanitário. Os arquivos estão disponíveis para leitura, audição e/ou download por meio dos ícones ao lado.

Ceensp: Gestão Estadual e Constituição de Redes: a experiência de São Paulo - debate

Autor:

Descrição: 
Contribuições do debate com as participações de Rosana Kuschnir, responsável pelo Projeto de Cooperação entre a Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca e a Secretaria Estadual de Saúde e Defesa Civil (SESDEC); Luiz Maria Ramos Filho, coordenador de Regiões de Saúde da Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo e Paulo Henrique D'Ângelo Seixas, coordenador de Recursos Humanos da Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo. O arquivo está disponível para audição e/ou download por meio do ícone ao lado.

Ceensp: Gestão Estadual e Constituição de Redes: a experiência de Minas Gerais - Eugênio Vilaça Mendes.

Descrição: 
Explicou que o plano foi constituído com diversas ações, buscando fazer com que o estado seja o melhor da federação para se morar até o ano de 2023. o Plano Estratégico divide Minas em quatro grandes redes prioritárias em saúde. A primeira é a Rede Viva Vida de Atenção às Mulheres e Crianças; a Rede de Atenção às Urgências e Emergências, que busca combater a elevada morbimortalidade por causas externas; a Rede Hiperdia que age contra as doenças cardiovasculares e diabetes e, por fim, a Rede Mais Vida, destinada à população idosa, assegurando os princípios do SUS. Os arquivos estão disponíveis para leitura, audição e ou download por meio dos ícones ao lado.

Ceensp: Gestão Estadual e Constituição de Redes: a experiência de Minas Gerais - Iveta Malachias.

Descrição: 
O Plano Diretor de Regionalização tem por objetivo garantir o acesso dos cidadãos a todos os níveis de atendimento o mais próximo possível de sua residência, conforme seja o conjunto de ações e serviços necessários à solução de seus problemas de saúde, em qualquer nível de atenção. Os arquivos estão disponíveis para leitura, audição e/ou download por meio dos ícones ao lado.

Ceensp: Gestão Estadual e Constituição de Redes: a experiência de Minas Gerais - debate.

Descrição: 
O debate foi coordenado por Rosana Kuschnir, pesquisadora da Escola de Governo em Saúde da ENSP e coordenadora do Projeto de Cooperação ENSP/SESDEC. O arquivo está disponível para audição e/ou download por meio do ícone ao lado.

Ceensp: Experiências estaduais de enfrentamento das ações judiciais de medicamentos - Lindemberg A. Costa.

Descrição: 
Explicou que o primeiro caso de judicialização foi registrado em 2002 e em 2006, o número de ações judiciais chegaram a 34, e em 2007 a 112. Entre os problemas relatados por ele, ao longo dos anos, estavam o orçamento insuficiente para atender à demanda, chegando apenas a 10% da necessidade, o desabastecimento da rede de assistência, e a precária infra-estrutura do sistema, seja físico, de recursos humanos ou gestão. Afirmou que a secretaria não se recusa a fornecer medicamentos especiais, desde que saibam que os mesmos estão sendo utilizados em benefício da população. Os arquivos estão disponíveis para leitura, audição e/ou download por meio dos ícones ao lado.

Páginas

Inscreva-se em SESDEC