Marcela Morato

PICS: Arteterapia e Musicoterapia

Descrição: 
A arte está presente na vida das pessoas desde tempos imemoriais... mas de maneira mais focada no seu aspecto terapêutico desde o século XIX. Foram incluídos novos procedimentos na lista de práticas integrativas e complementares (PICs) do Sistema Único de Saúde (SUS), que abrange recursos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais. Na primeira parte a apresentadora Marcela Morato conversou com a arteterapeuta, Angela Philippini sobre dois desses procedimentos: a arteterapia e a musicoterapia e na segunda parte com a musicoterapeuta Mariane Oselame. No site [www.ubaatbrasil.com] da UBAAT - União Brasileira de Associações de Arteterapia e Associações Regionais de Arteterapia, o usuário pode fazer o download da Cartilha - Contribuição da Arteterapia para a Atenção Integral do SUS.

Direção Responsável [Ato de dirigir veículos automotores]

Descrição: 
Hoje em dia, já não basta saber dirigir e respeitar as leis de trânsito, esta realidade é demonstrada através das centenas de milhares de vítimas de acidentes de trânsito no Brasil. É preciso mudar. Mudar comportamentos para uma vida coletiva com qualidade, ética, respeito ao ser humano e ao meio ambiente e responsabilidade, exige uma tomada de consciência das questões em jogo no convívio social, portanto na convivência do trânsito. Dirigir com Responsabilidade é planejar todas as ações possíveis ao volante, dirigindo de modo a evitar acidentes, apesar das ações errôneas dos outros condutores, pedestres e das condições adversas. Não existem pessoas boas ou ruins, existem sim, formas de trabalhar que desafiam ou acompanham as pessoas. Dirigir com responsabilidade é questão de escolha, sendo esta a melhor maneira de preservar a vida, a saúde e o meio ambiente. Consumo de álcool e direção está proibido, mesmo assim o consumo desta substância ainda é o principal responsável por acidentes com mortes nas vias do nosso país. A apresentadora Marcela Morato conversa com Egas Caparelli Daquer , presidente da ABRAMET-Rio (Associação Brasileira de Medicina do Tráfego) e especialista em Medicina de Tráfego. Participantes: Cláudio Reis, músico e micro-empresário que relata sua história antes de sua conscientização da responsabilidade do ato de dirigir.

PICS: Osteopatia [Práticas integrativas e complementares no SUS]

Descrição: 
A osteopatia atua na promoção da saúde, trabalhando, de forma global e individual, os movimentos do corpo. A prática é exercida por profissionais especializados e recentemente foi incluída na Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares do SUS. Para entender melhor como funciona esse tratamento, a apresentadora, Marcela Morato conversa com Maria Alice Pagnez, fisioterapeuta osteopata. Tiago Esteves, coord. de práticas supervisionada em osteopatia do serviço de osteopatia do Hospital Universitário Gaffree Guinle; Leandro Luz, fisioterapeuta e Célia da Fonseca (paciente), dona de casa.

Adenóide e Amígdalas

Descrição: 
As amígdalas e adenoides são acúmulos de tecido linfoide, semelhantes aos gânglios que se encontram no pescoço, nas virilha e nas axilas. As amígdalas se situam no fundo da garganta de cada lado da úvula (campainha). Já a adenoide não pode ser vista sem instrumentos especiais pois está localizada no fundo do nariz (rinofaringe) e escondida pelo palato quando examinamos através da boca. A apresentadora Marcela Morato conversa sobre o assunto com Lucas Lemes, presidente da Sociedade Carioca de Otorrinolaringologia.

Álcool na Gravidez

Descrição: 
O consumo de álcool na gravidez está contraindicado, pois ao passar pela placenta, o álcool tem de ser metabolizado pelo fígado do bebê, permanecendo no seu organismo durante algum tempo podendo causar: Má formação e retardo mental; alterações no rosto e diminuição do tamanho do crânio; retardo no desenvolvimento e no crescimento; aumento do risco de aborto; problemas cardíacos; aumento do risco do bebê nascer antes do tempo e abaixo do peso. Outra consequência da ingestão de álcool na gravidez é a síndrome do alcoolismo fetal, que é caracterizada por retardo no crescimento do bebê dentro do útero e após o nascimento, problemas de fala e raciocínio, diminuição da coordenação motora e problemas de coração. A apresentadora Marcela Morato conversa sobre esse assunto com Leda Aquino, pediatra e coordenadora da Campanha Gravidez sem Álcool da Sociedade Brasileira de Pediatria do Estado do Rio de Janeiro.

Práticas integrativas no SUS: biodança e dança circular

Descrição: 
Biodança, ou dança da vida, tem por objetivo estimular a comunicação das pessoas com o próprio corpo e com as outras pessoas, mas também permitir uma fuga à rotina quotidiana, de forma divertida e equilibrada. A prática de biodança vai assim além do conceito de movimentar-se e trabalha a evolução do indivíduo, desenvolvendo o seu lado emocional, além do aspecto físico. Serve como pausa no seu quotidiano e como momento para respirar e desligar-se da ansiedade do dia-a-dia, voltando o olhar para o próprio corpo, mente e emoção. As Danças Circulares fazem parte de um movimento de dança contemporânea que surgiu com Bernhard Wosien (1908-1986), bailarino polonês/alemão, professor de danças, pintor que, a partir das décadas de 1950 e 1960 pesquisou e divulgou danças circulares de vários povos, buscando a valorização das diversidades das culturas, e contando com o apoio para o desenvolvimento de suas práticas da Comunidade de Findhorn, na Escócia, onde viveu por muitos anos. Nas Danças Circulares o que importa é que o grupo vivencie as danças, sejam estas meditativas, folclóricas e/ou contemporâneas, respeitando a forma como cada um coloca seu corpo em movimento e em diálogo com a presença das outras pessoas, buscando uma experiência de integração, em que emerge uma prática coletiva na qual as individualidades também têm seu espaço e seu papel. Algumas pessoas encontram nas Danças Circulares mais do que a possibilidade de aprender sobre uma arte, sobre outras culturas ou apenas para movimentar o corpo, pois podem conquistar igualmente uma experiência de autoconhecimento, de libertação, de solidariedade e, para alguns, até mesmo de outras expressões de amizade, de amor, de espiritualidade, todas essas expressões complexas e indizíveis de sociabilidade humana. A apresentadora Marcela Morato conversa com Andréa Zattar sobre essas práticas integrativas e complementares do SUS com a diretora da Escola de Biodança Rolando Toro - RJ.

Lesão Muscular [como prevenir e tratar]

Descrição: 
Lesões musculares podem acontecer com qualquer um. Apesar de serem comuns na prática de esportes, elas podem ocorrer também na realização das atividades mais banais do dia-a-dia. E como prevenir e tratar uma lesão muscular? Quando é necessário procurar ajuda profissional? Essas e outras dúvidas vão ser esclarecidas com o ortopedista Marcelo Mandarino do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO) e Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia.

Febre Amarela [informações seguras e confiáveis]

Descrição: 
Parece difícil de acreditar, mas depois da correria inicial aos postos de saúde quando foi noticiado o aumento do número de casos de febre amarela, que formou filas e mais filas, agora tem vacina encalhada e muita gente que ainda não se protegeu. Parte da culpa é da proliferação de boatos que anda circulando. Para tirar de vez todas as dúvidas sobre a doença e a vacinação, com informações confiáveis e seguras, o Ligado em Saúde fala novamente sobre febre amarela. Para abordar o tema, a apresentadora Marcela Morato conversa com o coordenador de Vigilância em Saúde e Laboratórios de Referência da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Rivaldo Venâncio da Cunha e o Prof. Reinaldo Menezes, diretor de Bio Manguinhos, o qual esclarece que a vacina sobre a febre amarela produzida pela Fiocruz é uma vacina segura, eficaz e é pré qualificada pela Organização Mundial da Saúde, portanto exporta vacina para o mundo inteiro.

Conjuntivite [de surtos recorrentes]

Descrição: 
Desde o carnaval, como frequentemente acontece no verão, algumas cidades brasileiras enfrentaram surtos de conjuntivite. O Rio de Janeiro foi uma delas. A maioria das pessoas conhece os sintomas: olhos vermelhos, ardência e coceira na região. Como a doença é altamente contagiosa, é comum que ela se espalhe com facilidade. Mas é possível evitar que isso aconteça. Por isso, o programa vai dar orientações para prevenir a transmissão da conjuntivite, explicar os diferentes tipos da doença e dar dicas de como aliviar os sintomas. Para falar sobre o assunto, a apresentadora Marcela Morato recebe o oftalmologista Arlindo Pontes da Sociedade Brasileira de Oftalmologia.

Arboviroses

Descrição: 
Arboviroses são as doenças causadas pelos chamados arbovírus, que incluem o vírus da dengue, Zika vírus, febre chikungunya e febre amarela. A classificação "arbovírus" engloba todos aqueles transmitidos por artrópodes, ou seja, insetos e aracnídeos (como aranhas e carrapatos). Existem 545 espécies de arbovírus, sendo que 150 delas causam doenças em seres humanos. Apesar de a classificação arbovirose ser utilizada para classificar diversos tipos de vírus, como o mayaro, meningite e as encefalites virais, hoje a expressão tem sido mais usada para designar as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, como o Zika vírus, febre chikungunya, dengue e febre amarela. A apresentadora Marcela Morato conversa sobre esse assunto com a infectologista do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas da Fiocruz, Otília Lupi. Participação de: Gabriel Sylvestre Ribeiro, coordenador de Entomologia ED Brasil.

Páginas

Inscreva-se em Marcela Morato