Fundação Oswaldo Cruz. Canal Saúde Fiocruz

Arboviroses

Descrição: 
Arboviroses são as doenças causadas pelos chamados arbovírus, que incluem o vírus da dengue, Zika vírus, febre chikungunya e febre amarela. A classificação "arbovírus" engloba todos aqueles transmitidos por artrópodes, ou seja, insetos e aracnídeos (como aranhas e carrapatos). Existem 545 espécies de arbovírus, sendo que 150 delas causam doenças em seres humanos. Apesar de a classificação arbovirose ser utilizada para classificar diversos tipos de vírus, como o mayaro, meningite e as encefalites virais, hoje a expressão tem sido mais usada para designar as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, como o Zika vírus, febre chikungunya, dengue e febre amarela. A apresentadora Marcela Morato conversa sobre esse assunto com a infectologista do Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas da Fiocruz, Otília Lupi. Participação de: Gabriel Sylvestre Ribeiro, coordenador de Entomologia ED Brasil.

Perdoar

Descrição: 
O perdão é um processo mental ou espiritual de cessar o sentimento de ressentimento ou raiva contra outra pessoa ou contra si mesmo, decorrente de uma ofensa percebida, diferenças, erros ou fracassos, ou cessar a exigência de castigo ou restituição. O perdão pode ser considerado simplesmente em termos dos sentimentos da pessoa que perdoa, ou em termos do relacionamento entre o que perdoa e a pessoa perdoada. É normalmente concedido sem qualquer expectativa de compensação, e pode ocorrer sem que o perdoado tome conhecimento (por exemplo, uma pessoa pode perdoar outra pessoa que está morta ou que não se vê há muito tempo). Em outros casos, o perdão pode vir através da oferta de alguma forma de desculpa ou restituição, ou mesmo um justo pedido de perdão, dirigido ao ofendido, por acreditar que ele é capaz de perdoar. O perdão é o ato de se desprender do ressentimento. Vem do coração, é sincero, generoso e não fere o amor próprio do ofensor. Não impõe condições humilhantes, tampouco é motivado por orgulho ou ostentação. O verdadeiro perdão se reconhece pelos atos e não pelas palavras. Existem religiões que incluem disciplinas sobre a natureza do perdão, e muitas destas disciplinas fornecem uma base subjacente para as várias teorias modernas e práticas de perdão. A apresentadora Yasmine Saboya conversa sobre o tema com a estudante, Andreia Pereira da Silva; com a psicóloga e pesquisadora, Adriana Santiago; e com o mediador de conflitos, Tomaz Solberg. Participantes: Eduardo Costa, repórter; Andreia Pereira da Silva, estudante; Alessandra Galvão, especialista em atendimento.

Antibióticos: uso responsável

Descrição: 
Os antibióticos são medicamentos desenvolvidos a partir de bactérias benignas, fungos ou elementos sintéticos que são produzidos em laboratórios com o intuito de combater microorganismos (bactérias maléficas) causadores de infecções. Quanto maior o uso de antibióticos, maior a resistência. Isso é algo esperado e natural. Mesmo a utilização apropriada gera um risco de tornar as bactérias mais fortes. Se o uso não é apropriado, o surgimento e o aumento de resistência ficam acelerados. Novos estudos internacionais tenta esclarecer alguns dos efeitos colaterais associados com antibióticos – incluindo os danos ao sistema imunitário e problemas de memória causadas por uma falta de crescimento de novas células do cérebro. Os resultados servem como um alerta de que, ao mesmo tempo que os antibióticos podem ser aliados poderosos para o corpo humano na luta contra as doenças, eles também podem fazer mais mal do que bem se usados de forma incorreta (uma das muitas razões de que você deve sempre seguir o conselho do seu médico). A apresentadora Marcela Morato conversa sobre o tema com o pesquisador IOC/Fiocruz, Milton Ozório Morais.

Piolho [Pediculose]

Descrição: 
A pediculose, popularmente conhecida como infestações de piolhos, é uma doença parasitária contagiosa que pode surgir na cabeça, corpo, cílios, sobrancelhas ou na região dos pêlos pubianos. Como ectoparasitas, os piolhos vivem no exterior do hospedeiro, utilizando do sangue humano como sua fonte de nutrição, o que pode causar sensação de coceira e formigamento na região afetada. O piolho é pequeno e sem asas, pode ser visto a olho nu e a sua infestação ocorre do contato direto com o cabelo de uma pessoa infectada ou através de objetos compartilhados. Nos últimos trinta anos observou-se um aumento significativo na incidência de casos devido a multiplicação rápida do parasita, que, ao longo de sua curta vida de trinta a quarenta dias, é capaz de depositar mais de duzentos ovos. Crianças em idade escolar são as mais atingidas pelo tipo capilar, com maior incidência em meninas, mas podem abranger qualquer sexo e idade, inclusive os adultos. A apresentadora Marcela Morato conversa com o pesquisador do Instituto Oswaldo Cruz IOC/Fiocruz, Júlio Vianna Barbosa sobre as causas, transmissão, sintomas, tratamentos e prevenção. Participantes: Ilma da Silva, mãe de Maria Clara da Silva, 12 anos.

Bruxismo

Descrição: 
Bruxismo também é conhecido como o rangido e/ou cerramento dos dentes. É uma condição muito comum que afeta aproximadamente de 30 a 40 milhões de crianças e adultos nos Estados Unidos. Os médicos ainda não entendem completamente as causas que levam ao bruxismo. As possíveis razões físicas ou psicológicas para esse distúrbio podem incluir: sensações de ansiedade, estresse, raiva, frustração ou tensão; alinhamento anormal dos dentes superiores e/ou inferiores (má oclusão); outros problemas do sono, como a apneia do sono; resposta à dor de ouvido ou dor de dente (principalmente em crianças); refluxo do ácido estomacal para o esôfago e para a boca; efeito colateral incomum de alguns medicamentos psiquiátricos, tais como certos antidepressivos; e complicação de uma doença, tal como a doença de Huntington ou doença de Parkinson. A apresentadora Marcela Morato conversa sobre esse tema com a professora da clínica de disfunção mastigatória UFRJ, Rhianna Barreto.

Infecção Urinária

Descrição: 
Um problema que costuma atingir mais as mulheres do que os homens, mas que também é comum em crianças e idosos de ambos os gêneros. A infecção urinária provoca dor e vontade frequente de fazer xixi. O programa vai explicar porque essas infecções acontecem, falar sobre o tratamento adequado e ensinar como preveni-las. A apresentadora Marcela Morato conversa sobre o assunto com o urologista, membro da Sociedade Brasileira de Urologia, Alfredo Canalini.

Herpes e Herpes Zoster

Descrição: 
Existem oito diferentes vírus da família herpes que podem causar doença em humanos. Dentre eles, os herpes tipo 1, 2 e 3 provocam quadros semelhantes de lesões de pele que podem reaparecer após um período variável de ausência de sintomas. O herpes tipo 1 é responsável pelo quadro de herpes oral, que se caracteriza por vermelhidão, ardor e pequenas bolhas preenchidas com líquido claro, comumente na região do lábio ou na parte interna da boca. O herpes tipo 2, por outro lado, é o principal responsável pelo quadro de herpes genital. Observamos também vermelhidão, ardor e pequenas bolhas com líquido claro na região da vulva, pênis ou ânus, ou ainda em regiões como nádegas e virilha. O herpes tipo 3 é mais conhecido como vírus da varicela (catapora). A infecção inicial ocorre frequentemente durante a infância, através do contato com secreções orais, e é seguida pelo quadro clássico da catapora, com lesões avermelhadas espalhadas pelo corpo e pequenas bolhas com líquido claro. A apresentadora Marcela Morato conversa sobre o assunto com Danielle Medeiros da Sociedade Brasileira de Dermatologia-RJ.

Processo Transexualizador

Descrição: 
Transexuais são pessoas que nascem com um determinado gênero com o qual não se identificam e sofrem muito com isso. Desde 2008, o Ministério da Saúde entende que essas pessoas têm o direito de adequar a imagem do seu corpo ao gênero com que se identificam e, por isso, o processo transexualizador foi incluído no SUS. O Ligado em Saúde vai falar sobre o assunto, explicar quais os procedimentos que fazem parte do processo e informar onde estão os centros habilitados para realizá-lo, além de dizer o que é necessário para fazê-lo pelo Sistema Único de Saúde. A apresentadora Marcela Morato conversa sobre o assunto com o psiquiatra do Hospital Universitário Pedro Ernesto (UERJ), Miguel Chaloub. Participantes: Víctor Cassiano; Vinícius Cassiano; Erika da Silva de Souza (mãe); Kathyla Katheryne Valverde.

PICS: Terapia Comunitária Integrativa

Descrição: 
O programa apresenta mais uma edição da série especial sobre Práticas Integrativas e Complementares no SUS. Dessa vez, o assunto é a Terapia Comunitária Integrativa, que se propõe a cuidar da saúde comunitária, especialmente em espaços públicos. Para conhecer melhor essa terapia, a apresentadora Marcela Morato conversa sobre o assunto com a psicóloga e pesquisadora da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP/Fiocruz), Vera Frossard.

Sanitarista Paulo Amarante

Descrição: 
Voltando à série do Bate Papo na Saúde sobre grandes sanitaristas, o programa traz como convidado para uma enriquecedora conversa o sanitarista, professor, pesquisador titular e coordenador do Laboratório de Estudos e Pesquisas em Saúde Mental e Atenção Psicossocial da Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca (LAPS-ENSP/Fiocruz), Paulo Amarante. Especializou-se em psiquiatria e se tornou um dos pioneiros do movimento brasileiro de reforma psiquiátrica. Foi representante eleito do Movimento Nacional da Luta Antimanicomial na Comissão Intersetorial de Saúde Mental do Conselho Nacional de Saúde.

Páginas

Inscreva-se em Fundação Oswaldo Cruz. Canal Saúde Fiocruz