MENDES, Eugênio Vilaça

Ciclo de Atividades Planejamento e Gestão em Saúde - Gestão de redes hospitalares e de sistemas de serviços de saúde - Palestras e debate

Descrição: 
Coordenação: Francisco Javier Uribe Rivera (DAPS/ENSP) Debatedores: Michel Crémadez (HEC, França); Ana Luiz d'Ávila Viana (DMP/USP); Eugênio Vilaça Mendes (SES/MG) e Rosana Kuschnir (ENSP). Os arquivos estão disponíveis para leitura, audição e/ou download nos ícones ao lado. Áudio completo das apresentações de Eugênio Vilaça e Rosana Kuschnir e debate.

Ceensp: Gestão Estadual e Constituição de Redes: a experiência de Minas Gerais - Eugênio Vilaça Mendes.

Descrição: 
Explicou que o plano foi constituído com diversas ações, buscando fazer com que o estado seja o melhor da federação para se morar até o ano de 2023. o Plano Estratégico divide Minas em quatro grandes redes prioritárias em saúde. A primeira é a Rede Viva Vida de Atenção às Mulheres e Crianças; a Rede de Atenção às Urgências e Emergências, que busca combater a elevada morbimortalidade por causas externas; a Rede Hiperdia que age contra as doenças cardiovasculares e diabetes e, por fim, a Rede Mais Vida, destinada à população idosa, assegurando os princípios do SUS. Os arquivos estão disponíveis para leitura, audição e ou download por meio dos ícones ao lado.

SUS: Avanços e desafios.

Descrição: 
Apresentação que trata do histórico da construção do Sistema Único de Saúde brasileiro e os desafios que estão por vir na formulação de políticas públicas que alcancem a população que delas necessitam. Destaca os doze desafios do SUS, começando pela formulação de políticas de saúde até o desafio econômico, que mesmo com a aprovação da Emenda Constitucional 29, ainda não se tem como financiar o sistema de saúde ideal para o Brasil. Ressalta a necessidade de políticas mais agressivas de eqüidade no SUS.

A mudança do modelo de Atenção à Saúde no SUS.

Descrição: 
Crise no modelo de atenção à saúde no SUS

A gestão da clínica.

Descrição: 
Apresentação que aborda os fundamentos e as origens da gestão da clínica em serviços de saúde pública e os princípios e leis que tratam deste assunto. Expõe as diretrizes clínicas desse processo, ou seja, as linhas guias (Guidelines) que são recomendações que normalizam todo o processo e os protocolos clínicos que são recomendações desenvolvidas com o objetivo de prestar a atenção à saúde apropriada. Analisa algumas experiências internacionais e nacionais, como o caso de Curitiba e Minas Gerais.

Os sistemas integrados de serviços de saúde no SUS.

Descrição: 
Apresentação que visa discutir a questão da gestão dos sistemas de serviços de saúde e as matrizes dos sistemas integrados a partir de experiências nacionais, como a do sistema municipal de saúde de Curitiba e da Secretaria de Estado e Saúde de Minas Gerais. Expõe os modelos de atenção à saúde e as diferenças entre as condições agudas e as condições crônicas de saúde. Conceitua sistema integrado de serviços de saúde e as vantagens da integração dos sistemas para o atendimento a população e para a gestão de recursos humanos. Mostra dados estatísticos da distribuição espacial dos serviços de saúde, relação entre volume de serviços hospitalares e a qualidade, formas de integração e a modelagem da gestão do sistema.
Inscreva-se em MENDES, Eugênio Vilaça