Gestão em Saúde Pública: contribuições para a política, v.3

Objetivo educacional: 
Permitir aos alunos a compreensão da complexidade do atual sistema de saúde, bem como em relação aos múltiplos desafios colocados na gestão pública do sistema.
Descrição: 
Livro organizado por Idê Gomes Dantas Gurgel; Kátia Rejane de Medeiros; Antônio Augusto Vieira de Aragão; Rejane Maria de Santana, publicado em 2014.Foi escrito por docentes, alunos e alguns colaboradores do Curso de Mestrado Profissional em Saúde Pública do Departamento de Saúde Coletiva (Nesc) do Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães da Fiocruz em Pernambuco. Os autores abordam a evolução nos processos das transições demográfica e epidemiológica, utilizando diversos indicadores, através de séries históricas, com dados e informações principalmente do IBGE. Abordam, ainda, os principais determinantes desses processos de transição, como os gastos públicos em saúde, o acesso da população aos serviços de saneamento, a ampliação da escolarização e do uso de métodos anticoncepcionais e de esterilização em mulheres e homens e ainda apontam para programas públicos de transferência de renda a parcelas da população mais pobre, entre outros determinantes. Os autores apontam importantes dificuldades e contradição entre os dados dos sistemas de notificação e destacam os acidentes de trabalho classificados como “Grave” e com exposição a material biológico. Num estudo epidemiológico de corte transversal, os autores do capítulo seis analisam as relações entre a capacidade para o trabalho e a saúde dos servidores do Tribunal Regional do Trabalho de Pernambuco. O estudo contempla uma amostra de 310 funcionários, abordando as características sociodemográficas e funcionais e o índice de capacidade para o trabalho.

Editora/Publicador:

Linguagem:

Formato:

Cobertura:

Data da publicação: 
06/25/2015
Nível de agregação: 
1-Menor nível
Contexto Educacional: 
Mestrado
Público Alvo: 
Estudantes e Profissionais da Saúde
Status: 
Final