Modelos criados em computação gráfica 3D representam o ser humano de forma completa e serve de objeto de aprendizagem para profissionais das áreas da Saúde e da Educação

É uma moderna forma de representar o corpo humano e seus processos fisiológicos e patológicos. Trata-se de um modo eficiente de comunicação, que usa a computação gráfica tridimensional para transmitir os conhecimentos científicos. Cada módulo do Projeto Homem Virtual pode ser utilizado de diversas maneiras e em diferentes contextos, para fins instrucionais.

Por este motivo, é denominado também de objeto de aprendizagem. As suas principais características são: conteúdo dinâmico, simplicidade na representação do organismo e compactação de conhecimento (capacidade de transmitir em pouco tempo e de forma precisa uma grande carga de informação).

A versatilidade do Homem Virtual permite a reprodução das estruturas moleculares, microscópicas e macroscópicas, com fidelidade em relação à morfologia, texturas e movimentos. O primeiro título foi criado em 2002 e, atualmente, existem mais de 90 temas.

O Homem Virtual foi e continua a ser empregado em trabalhos de prestação de serviço à população, com o objetivo de educar e prevenir doenças. Entre eles, a série Geração Saúde (desenvolvida pela TV Escola, da Secretaria de Educação a Distância do Ministério da Educação, em parceria com a Disciplina de Telemedicina da FMUSP; e exibida desde abril de 2006 para alunos de quase 40 mil escolas públicas do país).

Conheça o site do Projeto Homem Virtual

Assista trechos dos vídeos produzidos pelo Projeto Homem Virtual