Seminário Internacional Políticas de Saúde e Proteção Social - Lenaura Lobato

Descrição: 
Para a pesquisadora, as políticas sociais hoje, em especial as de seguridade social, apresentam híbridos institucionais que comprometem o prescrito na Constituição de 88. Durante esse tempo, aconteceram avanços importantes na concepção da 'questão social' e no aparato político e organizacional, apesar de algumas restrições significativas, como a universalização incompleta, subfinanciamento e baixíssima qualidade de serviços. "Isso nos coloca um dilema: Dadas as condições atuais, a proteção social alcançará os objetivos constitucionais, ou houve uma mudança de direção?". Concluiu ressaltando que as restrições colocadas comprometem a eficácia das políticas e impedem a construção de valores de solidariedade; logo, há um redirecionamento do modelo Constitucional. "É preciso rever a descentralização nos sistemas setoriais; aprofundar regionalização e metropolização das políticas sociais; identificar impasses nas relações público-privado. Além do mais, é preciso construir alternativas de inclusão previdenciária e nacionais de integração". O arquivo está disponível para audição, leitura e/ou download nos ícones ao lado.

Linguagem:

Formato:

Fonte: 
Arq.
Descrição dos direitos autorais: 
Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada (CC BY-NC-ND 3.0)