Mesa-redonda 'Ações da Vigilância Sanitária no SUS' - Jorge Cavalcante de Oliveira

Descrição: 
Abordou a questão da descentralização no Rio de Janeiro. A vigilância sanitária se descentralizou mais tardiamente do que a saúde - iniciando em 1998 - e, hoje, uma grande discussão gira em torno de definir se todas as ações de vigilância sanitária devem ser descentralizadas ou apenas algumas. Para o representante da Sesdec/RJ, a função do estado é coordenar o subsistema de vigilância sanitária e fornecer capacitação para todo esse sistema, e não complementar as ações que os municípios não conseguem executar. O arquivo está disponível para audição e/ou download por meio do ícone ao lado.

Linguagem:

Formato:

Fonte: 
CCI
Descrição dos direitos autorais: 
Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada (CC BY-NC-ND 3.0)

Tags (palavra-chave):