Contribuição das aves e mamíferos marinhos como indicadores ecológicos da qualidade de ecossistemas costeiros do sudeste do Brasil.

Descrição: 
Trabalho que expõe os resultados da avaliação dos níveis de contaminação por organoclorados em aves e mamíferos marinhos nas praias da região sudeste, principalmente no rio de Janeiro, identificando novos casos de contaminação por Morbillivirus, gerando dados sobre patologias ósseas nesses animais para então construir categorias para qualificar a saúde de ecossistemas marinhos costeiros. Apresenta casos históricos de contaminação como o dos Leões-Marinhos da Califórnia e das Belungas do Estuário de St. Lawrence no Canadá, entre outros. Mostra várias fotos de animais marinhos encalhados ou presos em redes de pesca no litoral do sudeste brasileiro, onde as infecções são evidentes. Indica outros estudos que já foram realizados no Brasil neste sentido e outros novos, como o relato de caso do aparecimento de Osteocondroma numa baleia orca encalhada em Arraial do Cabo – RJ.

Linguagem:

Formato:

Fonte: 
Arq129
Descrição dos direitos autorais: 
Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada (CC BY-NC-ND 3.0)

Tags (palavra-chave):