The Cost of Lifestyle: Skeletal Markers of Occupational Stress (MOS) in Brazilian Prehistoric Coastal Populations.

Descrição: 
Apresentação que tem o objetivo de traçar uma visão ampla do estilo de vida das populações que habitaram a costa brasileira, a partir da análise de Sambaquis e sítios arqueológicos. Mostra com detalhes a existência de desgastes físicos, em nível das articulações e das extremidades ósseas, nas civilizações costeiras, como Região dos Lagos, a Costa Verde Fluminense e redutos arqueológicos de Santa Catarina. A pesquisa teve como objetivo definir a propensão de uma região para a perpetuação de civilizações e que entraves os habitantes locais encontraram tanto para sua sobrevivência como para uma qualidade de vida legítima.

Linguagem:

Formato:

Fonte: 
ArqClaudia_rodrigues
Descrição dos direitos autorais: 
Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada (CC BY-NC-ND 3.0)

Tags (palavra-chave):