A propaganda de medicamentos para o grande público e a sua regulação no Brasil.

Descrição: 
Trabalho que tem o objetivo de discutir a propaganda excessiva de medicamentos existentes nos meios de comunicação e o quanto isso é lucrativo para as indústrias farmacêuticas e prejudicial ao cidadão. Cita os critérios éticos para a promoção de medicamentos da Organização Mundial da Saúde, alertando para as informações e cuidados que se deve tomar para este tipo de atividade. Apresenta e discute toda a legislação brasileira sobre o assunto, além dos casos de intoxicação humana por agente tóxico no Brasil entre 1995 a 2001. Aborda os resultados de uma pesquisa feita com cem peças publicitárias, destinadas ao grande público, entre 2002 e 2003 e veiculadas em rádio, televisão, jornais, outdoors e folhetos de distribuição ao consumidor, apontando as principais infrações cometidas nas propagandas, a evolução do número de autos de infração emitidos pela ANVISA entre 2000 e 2004. Conclui o trabalho sugerindo a proibição da propaganda de medicamentos no Brasil.

Linguagem:

Formato:

Fonte: 
Arq 463
Descrição dos direitos autorais: 
Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada (CC BY-NC-ND 3.0)

Tags (palavra-chave):