Sistema Único de Saúde

Agentes Comunitários de Saúde

Descrição: 
Pessoas fundamentais nas engrenagens do Sistema Único de Saúde-SUS, os agentes comunitários de saúde são parte essencial da Estratégia de Saúde da Família e têem um papel muito importante no acolhimento, pois é, em geral membro da equipe e que também faz parte da comunidade que atua, o que permite a criação de vínculos mais facilmente, propiciando o contato direto com a equipe. São profissionais que conhecem a comunidade e as famílias, sabem das histórias de cada um e chegam mais pertinho dos usuários do Sistema Único de Saúde. Participantes: Cecília Portugal, médica de família e comunidade; Ilton Rosa Neto, líder comunitário; Fábio Falcão Monteiro, agente de saúde; Priscila Vanccin, coordenadora da Atenção Básica de Augustinópolis/TO; Yatha Anderson Maciel, enfermeiro e idealizador do Projeto "Agentes da Alegria"; Gedean Alves Filho, agente de combate a endemias; Cleania Oliveira, agente comunitário de Saúde.

Planos de Saúde acessíveis

Descrição: 
O programa vai falar sobre planos de saúde acessíveis. A ideia é alterar as exigências mínimas de cobertura para estimular as operadoras a oferecerem produtos mais baratos para a população. Para o Ministério da Saúde, a medida vai desafogar os serviços de saúde e gerar economia de recursos para o SUS. Mas para as entidades que defendem o acesso integral e universal a saúde, os planos acessíveis representam um desmonte do SUS. O apresentador Paulo Bellardi conversa sobre o tema com o Membro da Comissão de Política da ABRASCO, Lígia Bahia; e com o Presidente do Conselho Estadual de Saúde da Paraíba, Antônio Eduardo Cunha.

Atenção Básica no Estado da Paraíba

Descrição: 
O Bate Papo na Saúde esteve na Paraíba para a 1ª Conferência Estadual de Vigilância em Saúde e aproveitou para saber também como anda a Atenção Básica no estado. O apresentador Paulo Bellardi conversa sobre o assunto com Patrícia Assunção, gerente executiva de Atenção Básica a Saúde da Paraíba, José Leudo, gerente regional de saúde da 6ª Gerência Regional de Saúde do estado (6ª GRS/PB).

Práticas integrativas no SUS: Yoga e Meditação

Descrição: 
Vídeoaula sobre as práticas integrativas no SUS: Yoga e Meditação. Duas práticas que estão na moda há algum tempo, que até recentemente só eram acessíveis para quem tivesse dinheiro para pagar por elas: yoga e meditação. Mas com sua inclusão na Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares do SUS, elas já estão sendo ofertadas em Unidades Básicas de Saúde de diversos municípios. Yoga é um conceito, é uma filosofia que trabalha a harmonização do corpo com a mente, utilizando técnicas de respiração (pranayamas), meditação e posturas de yoga (ásanas). Nesta edição do Ligado em Saúde vamos explicar como essas atividades podem fazer bem para a sua saúde. A apresentadora Marcela Morato conversa sobre o assunto com a professora de yoga e meditação Mariana Soares. Participantes: Raphael Dias, doutor em enfermagem no (Napics) Núcleo de apoio as práticas integrativas e complementares de saúde da SMS/Maricá; Silma Afonso, enfermeira e professora de yoga e meditação; Alunas: Neuza Rodrigues da Silva; Marly Azevedo Isaias; Luci Guedes da Silva; Simone Costa, secretária Municipal de Saúde de Maricá.

Práticas Integrativas no SUS: REIKI

Descrição: 
Videoaula sobre as práticas integrativas e complementares no SUS: Reiki. A apresentadora do programa Ligado em saúde, Marcela Morato conversa com a naturóloga, Mariana Ostermann, sobre a terapia energética através das mãos, o reiki. Participantes: Mirelly de Oliveira, usuária da terapia; Tania Mendes, terapeuta do Centro de Atenção e Pesquisa em Práticas integrativas do Hospital Universitário Onofre Lopes de Natal/RN.

Práticas Integrativas no SUS: Ayurveda

Descrição: 
Videoaula sobre Ayurveda como prática integrativa do SUS. Dando sequencia aos programas sobre as práticas integrativas no Sistema Único de Saúde (SUS), a apresentadora, Marcela Morato conversa com a terapeuta ayurveda, Cristiane Ayres, sobre essa filosofia médica milenar indiana, a ayurveda.

Práticas integrativas no SUS: naturopatia

Descrição: 
Vídeoaula sobre Práticas integrativas no SUS: naturopatia com o médico Daniel Rodrigues, coordenador do curso de naturologia da Unisul – Santa Catarina e presidente da Sociedade Brasileira de Naturologia. A apresentadora Marcela Morato conversa com ele sobre naturopatia ou medicina naturopata, que é um sistema de medicina baseado no poder de cura da natureza. Naturopatia é um sistema holístico, ou seja, os médicos naturopatas esforçam-se para encontrar a causa da doença pela compreensão do corpo, mente e espírito da pessoa. A maioria dos médicos naturopatas usam uma variedade de terapias e técnicas (como a nutrição, a mudança de comportamento, fitoterapia, homeopatia e acupuntura). Há duas áreas de foco em naturopatia: uma é apoiar as habilidades de cura do próprio corpo, e o outro é capacitar pessoas para fazer mudanças de estilo de vida necessárias para a melhor saúde possível. Enquanto os médicos naturopatas tratam através de sessões curtas da doença e condições crônicas, sua ênfase é na prevenção da doença e reeducação de pacientes.

Práticas integrativas no SUS - Shantala

Descrição: 
Vídeoaula sobre Práticas integrativas no SUS, exibido em 28/08/2015 no programa Ligado em Saúde. A Shantala é uma técnica de massagem aplicada a bebês trazida da Índia para o Ocidente na década de 70. Até pouco tempo restrita à classe média, a Shantala foi incluída entre as Práticas Integrativas e Complementares do Sistema Único de Saúde (SUS) e no Ligado em saúde de hoje, parte da série especial do programa sobre Práticas Integrativas no SUS, a apresentadora Marcela Morato conversa sobre o assunto com a introdutora da prática da Shantala no Brasil, a autora e doula Fadynha. Com a participação de Patrícia Kozuchovski Dare, naturóloga, da Unidade básica de Saúde do SUS em Palhoça/SC, e Ligiane Lemos, mãe do Gustavo e Taís da Silveira, gestante.

Formação profissional em saúde no Brasil: impasses e perspectivas (2/3)

Descrição: 
Apresentação (vídeo) de Ruben Mattos, professor da UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, durante o Ceensp - Centro de Estudos Miguel Murat de Vasconcellos da ENSP/Fiocruz, realizado no dia 20 de março de 2014, no auditório térreo da Escola. O professor questionou como fazer com que os profissionais de saúde formados pelo país venham trabalhar no Sistema Único de Saúde, uma vez que os incentivos para atuarem na rede privada são melhores. Para ele, é fundamental que se pensem estratégias que atuem sobre o sujeito e não apenas sobre a lógica do serviço. .

Gestão em saúde pública: estudos de avaliação, v.2

Descrição: 
Livro organizado por Idê Gomes Dantas Gurgel; Kátia Rejane de Medeiros; Antônio Augusto Vieira de Aragão; Rejane Maria de Santana, publicado em 2014.Esse livro demonstra a correta orientação dos programas de formação de recursos humanos no SUS e consolida uma práxis acadêmico-institucional na qual avanços são necessários e visíveis.  Medir, pesar e interpretar as ações do poder público na saúde é uma necessidade e essa obra expressa o esforço de muitos nesse sentido. Aqui é oferecida uma amostra coerente desse esforço, com objetos de pesquisa com abordagens distintas, lastreados por um escopo teórico-metodológico que reafirma a diversidade dos temas tratados. Como campo de aplicação de técnicas e métodos científicos, associado a teorias subjacentes, essa obra demonstra a utilidade desses estudos na condução das ações de saúde pública no Brasil, assim como a produção de diversos grupos de pesquisa consolidados e em formação, baseados na Fiocruz Pernambuco.

Páginas

Inscreva-se em Sistema Único de Saúde