Promoção da Saúde

Consulta de enfermagem de saúde infantil e juvenil: folheto

Autor:

Descrição: 
Folheto que contém informações úteis que podem auxiliar os pais a cuidar melhor da saúde dos seus filhos. Nas consultas de saúde infantil é natural que as crianças sintam medo, faz parte do processo de crescimento e de desenvolvimento. De modo individual cada criança é capaz de, a seu tempo ultrapassá-lo, onde a ajuda dos pais/cuidadores é fundamental. Referência: Lopes, Ana - Consulta de enfermagem de saúde infantil e juvenil: folheto. "REAeduca [Em linha]: revista de educação para o século XXI". ISSN 2183-7988. Nº 3 (2017), 2 p.

Ciências do consumo alimentar: nutrição e envelhecimento

Descrição: 
Programa apresentado pela professora Ana Paula Vaz Fernandes, docente da Universidade Aberta, sobre nutrição e o envelhecimento saudável. Referência Videográfica: Fernandes, Ana Paula - Ciências do consumo alimentar [Em linha] : nutrição e envelhecimento. Realização de Ana Paula Antunes, Vanda Caxeiro; Tecnóloga Ana Paula Antunes. Lisboa : Universidade Aberta. DCeT, [2008]. 1 prog. vídeo (26 min., 38 seg.)

Alimentação: promoção da saúde

Descrição: 
A relação da alimentação saudável com a prevenção da saúde; a evolução da alimentação portuguesa ao longo dos tempos; os principais erros alimentares; o álcool na alimentação. Participação da professora Maria Daniel Vaz de Almeida, da Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto e o dr. Vítor Barros, nutricionista. Referência videográfica: Carapeto, Cristina - Alimentação [Em linha] : promoção da saúde. Realização de Ana José Trindade; Tecnóloga Ana Maria Parente. Lisboa : Universidade Aberta, 1999. 1 prog. vídeo (22 min., 33 seg.)

A working guide to international comparisons of health (Um guia internacional de trabalho para as comparações de saúde).

Descrição: 
Health care systems around the world are diverse. They vary in the way they are financed, how services are delivered and how health information is collected and used. Their evolution may have been influenced by the country’s political, cultural and historical experiences. Despite these differences, many countries share the same health goals and face similar health challenges. This makes international comparisons of health experiences an important tool to inform priorities and policies for health services and to monitor progress in achieving health objectives.The guide is intended to encourage users of international health-related data to consider the complexities before comparing countries, and to assist them in interpreting the results of these comparisons. It presents examples to highlight the types of questions to ask when using health data in an international.Checklist for international comparisons of health:Data quality - consistency are the data defined consistently across countries?Methodology - do all countries use the same method to collect the data?Coverage - do the data cover similar parts of the population?Time period - do the data refer to the same time period?      Choice of countries (Comparability – are countries sufficiently similar to support comparison ?)Presentation and interpretationPresentation - are the data presented appropriately?Explanation - is the variation between countries adequately explained?Underlying differentials - are differences within countries considered?Context - can the data be used outside of the international comparison?    

Articulação intersetorial na gestão para a promoção da saúde

Descrição: 
Texto da Unidade IV, que convida o aluno a conhecer e discutir alguns mecanismos de operacionalização da promoção da saúde de uma perspectiva do movimento de constituição desta promoção como política e intervenção estratégica sobre os determinantes e condicionantes do processo saúde doença. O debate adota intencionalmente uma abordagem por meio de programas e iniciativas voltadas par a processos mais amplos de mudança social e garantia dos direitos de cidadania. Arquivo disponível para leitura e/ou download no ícone ao lado. Exemplo de como referenciar o capítulo: Zancan L, Carvalho AI, Lobato MF, Rocha MR. Articulação intersetorial na gestão para a promoção da saúde. In: Gondim R, Grabois V, Mendes Junior WV, organizadores. Qualificação dos Gestores do SUS. 2. ed. Rio de Janeiro: Fiocruz/ENSP/EAD; 2011. p.297-310. Disponível em: http://www4.ensp.fiocruz.br/biblioteca/home/exibedetalhesBiblioteca.cfm?ID=12565&Tipo=B. ATENÇÃO: Para melhor entendimento desse texto, leia também os capítulos 10 e 12, disponíveis nos links: capítulo 10: http://www4.ensp.fiocruz.br/biblioteca/home/exibedetalhesBiblioteca.cfm?ID=12563&tipo=B capítulo 12: http://www4.ensp.fiocruz.br/biblioteca/home/exibedetalhesBiblioteca.cfm?ID=12566&tipo=B

Seminário Novos Rumos para o Centro de Saúde Escola Germano Sinval Faria - abertura

Descrição: 
Solenidade de abertura com as presenças do presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha, o diretor da ENSP, Antônio Ivo de Carvalho, a chefe do CSEGSF, Else Griebel e o ex-presidente da Fundação e pesquisador da Escola, Paulo Buss.

Promoção da Saúde.

Descrição: 
Apresentação elaborada pela Pesquisadora do Departamento de Administração e Planejamento em Saúde (DAPS), Maria de Fátima Lobato Tavares, que trata do Programa de Formação em Promoção da Saúde e Desenvolvimento Social. O trabalho mostra as questões relevantes que serão discutidas no decorrer do curso, como por exemplo, a importância de ouvir o outro e a relação das pessoas com a saúde.

Avaliação da efetividade na Promoção da Saúde.

Descrição: 
Arquivos de áudio e texto contendo a palestra da Pesquisadora do Departamento de Administração e Planejamento em Saúde (DAPS), Maria de Fátima Lobato, que tratou da avaliação da efetividade na promoção da saúde. Em sua palestra, a pesquisadora contextualizou as atividades de avaliação, apresentando suas características, métodos, limitações, perguntas mais freqüentes e os desafios a serem superados. A palestrante também mostrou um exemplo de projeto de avaliação, de forma a analisar passo a passo as fases da metodologia, como por exemplo, a análise dos componentes do projeto, o estudo da viabilidade, o alcance da avaliação, fontes e métodos de coleta de informações, comunicação dos resultados e tomada de decisão.

Avaliação no Campo da Promoção e das Vigilâncias.

Descrição: 
Arquivo de áudio contendo o debate que ocorreu após as apresentações das pesquisadoras da ENSP, Regina Bodstein (DCS), Maria de Fátima Lobato (DAPS) e Lenice Reis (DAPS). A coordenação do debate foi feita por Gíssia Gomes Galvão, também pesquisadora da ENSP, e teve como objetivo discutir as metodologias de avaliação aplicadas à promoção e às vigilâncias, avaliação crítica reflexiva, avaliação rápida de efetividade e monitoramento.

Páginas

Inscreva-se em Promoção da Saúde