Marcela Morato

Deficiência física e sexualidade

Descrição: 
No programa de hoje eu convido você a lançar um novo olhar sobre um assunto ainda pouco discutido, a sexualidade da pessoa com deficiência física. Em uma sociedade que só enxerga beleza no corpo considerado normal, quem tem deficiência fica meio invisível aos olhos da maioria. Como se não tivesse direito de exercer a própria sexualidade. Mas hoje a gente vai mostrar que muletas ou cadeiras de rodas não impedem o erotismo e a sensualidade e que o desejo sexual existe dentro de todo corpo, independente da forma que ele tenha. A apresentadora do programa, Marcela Morato, conversou com Lilia Pinto Martins, psicóloga do Centro de Vida Independente do Rio de Janeiro (CVI/RJ). Mostra de Charges de Ricardo Ferraz; Leandra Migotto Certeza, jornalista e consultora em inclusão, idealizadora do projeto "Fantasias Caleidoscópicas" que mostra sua performance com as fotos de Vera Albuquerque; Depoimento de Lívia Guimarães, deficiente física de 29 anos.

Parto Consciente [Parto Humanizado]

Descrição: 
O Parto Consciente defende a ideia de construirmos modelos mais felizes de vivenciar a experiência do parto, independente da via de nascimento. É importante as mulheres terem acesso a informações seguras para participarem ativamente de todo o processo. A apresentadora Marcela Morato conversa com a obstetra do Hospital de Saracuruna-RJ, Mariana Ferreira sobre a decisão de um parto consciente. Participações: Roberta Lima e Dudu Viana, mãe e pai da Júlia e da Eduarda. [O conceito de humanização da assistência ao parto pressupõe a relação de respeito que os profissionais de saúde estabelecem com as mulheres durante o processo de parturição e, compreende: 1. o parto como um processo natural e fisiológico; 2. respeito aos sentimentos, emoções, necessidades e valores culturais; 3. disposição dos profissionais para ajudar a mulher a diminuir a ansiedade, a insegurança e outros temores; 4. promoção e manutenção do bem-estar físico e emocional ao longo do processo da gestação, parto e nascimento; 5. Informação e orientação permanente à parturiente sobre a evolução do trabalho de parto; 6. espaço e apoio para a presença de um(a) acompanhante que a parturiente deseje; e 7. Direito da mulher na escolha do local de nascimento e co-responsabilidade dos profissionais para garantir o acesso e a qualidade dos cuidados de saúde. (Ministério da Saúde, 2000)]

[Práticas integrativas no SUS: Terapia Floral]

Descrição: 
Dando seguimento à série sobre as Práticas Integrativas e Complementares do SUS (PICS), neste episódio vamos falar sobre a terapia de florais, que visam contribuir para o equilíbrio emocional do paciente. E, para entender um pouco mais sobre o funcionamento das essências, a apresentadora Marcela Morato conversa com a presidente honorária do Conselho Nacional de Auto regulamentação da Terapia Floral (Conaflor) e da Associação dos Terapeutas de Essências Florais (Rioflor), Lizete de Paula.

Hipersensibilidade e Intolerância aos Sons

Descrição: 
A hipersensibilidade e a intolerância aos sons são problemas reais para muita gente e que ainda são pouco conhecidos pela maioria. Existe a misofonia, que torna barulhos comuns, como o tique taque de um relógio, insuportáveis para quem sofre do transtorno; e a hiperacusia, que faz os sons parecerem mais altos para quem sofre dela. O programa vai explicar cada um desses transtornos e abordar os tratamentos. Para saber mais sobre o assunto, a apresentadora Marcela Morato conversa com a otorrinolaringologista Patrícia Ciminelli do Hospital Federal da Lagoa MS. Participantes: Patrícia Coutinho, 35 anos; Patrick Coutinho Ferraz, 10 anos, filho da Patrícia; Sheila de Fátima Coutinho, mãe da Patrícia.

Tempestades: enchente, deslizamento e raio

Descrição: 
Chuva forte, vento e trovoada. Em determinadas épocas do ano costumam acontecer as tão temidas tempestades. Uma manifestação da natureza capaz de provocar prejuízos materiais e até mortes. Por isso hoje a gente quer dar orientações para que você saiba como se proteger e manter a sua família em segurança. Pra isso vamos dividir nossa conversa em 3 assuntos: as inundações; os deslizamentos e os acidentes com raios. Você sabe em que momento deve abandonar o carro durante uma enchente, por exemplo? Sabe quais são os sinais, na sua casa, de que pode ocorrer um deslizamento? E qual é o local mais seguro pra se abrigar durante uma tempestade de raio? A apresentadora Marcela Morato conversou com Marcio Motta, subsecretário de Defes Civil do Rio de Janeiro. Participantes: Nanci Rosa, agente comunitária de saúde, moradora do Morro da Formiga; Gisela Isabel Soares, moradora do morro da Formiga; Carlos Felipe Riso Machado, gerente estratégia de saúde da família.

Colite e doença de Crohn

Descrição: 
Hoje a nossa conversa é sobre doença de crohn e colite. Duas doenças que provocam inflamação no aparelho digestivo, causando alterações que podem comprometer bastante a qualidade de vida. Quem tem essas doenças costuma demorar um tempo até descobrir o diagnóstico. Isso porque os sintomas se confundem com os de outros problemas intestinais. Não existe cura para a doença de crohn e nem pra forma crônica da colite. Mas, com o tratamento adequado, é possível controlar os sintomas e voltar a ter uma vida produtiva e saudável. A apresentadora Marcela Morato conversou com Carlos Frederico Porto Alegre, gastroenterologista da Santa Casa do Rio de Janeiro. Participantes: Elisabeth Jacob, 52 anos.

Descolamento de retina

Descrição: 
Você já ouviu falar em descolamento de retina? O problema pode levar à perda total da visão se não for corrigido a tempo. Mas a vista costuma dar sinais antes do descolamento acontecer. E se você buscar tratamento ainda nessa fase, nem vai precisar passar por uma cirurgia pra voltar a enxergar como antes. É o que você vai ver no programa de hoje. E para os casos em que a operação é necessária, vamos mostrar como esse procedimento acontece no SUS. Quais devem ser os cuidados após a cirurgia e que grupos devem estar mais atentos ao aparecimento do problema. A apresentadora Marcela Morato conversou com o Dr. Mário Martins dos Santos Motta, médico oftalmologista com especialização em doenças da retina, professor da Uni-Rio e coordenador do setor de retina e vítreo do Hospital Federal dos Servidores do Estado (HFSE-RJ). Participantes: Flavio MacCord, médico oftalmologista do setor de Retina do HFSE; José Antônio da Silva, paciente com 54 anos.

Terror Noturno

Descrição: 
Você acorda com o grito desesperado do seu filho. Chega no quarto e percebe que ele está de olhos abertos, mas ainda assim continua apavorado. Como se estivesse preso em um pesadelo. É mais ou menos assim que acontece a crise de terror noturno. Um transtorno do sono que deixa os pais muito angustiados. Alguns confundem o evento com um pesadelo comum ou até com o sonambulismo. Por isso hoje o nosso convidado vai falar das diferenças entre esses problemas. Ele também vai dizer como os pais devem agir diante de uma crise e quais são as mudanças na rotina da criança que podem amenizar a frequência desses eventos. A apresentadora Marcela Morato conversou com Dr. Adailton Tadeu Alves de Pontes, neuropsiquiatra infantil do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz). Participantes: Bela Aires, mãe da Maria Júlia e Maria Clara.

Infertilidade

Descrição: 
Um filho é o desejo da maioria dos casais. Só que às vezes a gravidez pode demorar pra acontecer. O que provoca ansiedade e medo de que um dos dois seja infértil. A infertilidade pode afetar tanto homens quanto mulheres. Hoje vamos explicar quais são as principais causas e por quanto tempo o casal deve tentar antes de suspeitar de algum problema. Você também vai ver que ter um filho é um direito garantido pelo sistema único de saúde, que oferece tratamento gratuito. E que hoje são muito maiores as chances de realizar esse sonho. A apresentadora Marcela Morato conversou com Rosaly Rulli Costa, médica ginecologista, coordenadora do Centro de Ensino e Pesquisa de Reprodução Assistida (CEPRA/SESDF) da Secretaria Estadual de Saúde do Distrito Federal. Participantes: Natália Zavattiero, médica especializada em reprodução humana (HMIB) Hospital Materno Infantil de Brasília; Alberto Barbosa, médico ginecologista e obstetra do HMIB; Fábia Soares de Oliveira, mãe de William.

Tuberculose Extrapulmonar

Descrição: 
A tuberculose pode atacar outros órgãos além do pulmão. Por ser mais rara, a tuberculose extrapulmonar é mais difícil de diagnosticar. O Ligado em Saúde mostrou os tipos de tuberculose extrapulmonar mais comuns, além de apontar os sintomas e explicar como é o tratamento da doença. Para esclarecer as dúvidas sobre o assunto, a apresentadora Marcela Morato conversou com a enfermeira do CRPHF - Centro de Referência Professor Hélio Fraga da ENSP/Fiocruz, mestre em Epidemiologia em Saúde Pública no controle da Tuberculose, Suzanne Pereira Leite. Participante: Joilson Vicente da Silveira, 28 anos; Alexandra Sanchez, pneumologista e pesquisadora do CRPHF; Carlos Rubens, chefe do APPG/CRPHF/ENSP/Fiocruz.

Páginas

Inscreva-se em Marcela Morato