Fundação Oswaldo Cruz Instituto Oswaldo Cruz Laboratório de Educação em Ambiente e Saúde

Fascículo 5: Dengue II - O caminho do vírus da dengue

Descrição: 
Este fascículo revela informações simplificadas sobre biologia, ecologia e morfologia do mosquito Aedes aegypti, infectado ou não pelo vírus da dengue. Através de elementos lúdicos, são propostas atividades recreativas para a fixação do conhecimento sobre o ciclo de vida do vetor da dengue, com o objetivo de encontrar respostas para a pergunta: o que fazer para controlar a disseminação da dengue? Autoras: Izabel CN Araújo, Tania C Araújo-Jorge, Rosane MS MeirellesA série de fascículos “Com Ciência na Escola” é uma publicação do Setor de Inovações Educacionais do Laboratório de Biologia Celular, vinculado ao Departamento de Ultra-estrutura e Biologia Celular do Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz.Os diversos fascículos se dispõem a auxiliar técnica e cientificamente o desenvolvimento de experimentos participativos em salas e laboratórios nas escolas. Apresentamos sugestões de atividades práticas, com observação e experimentação, para introduzir a construção de conceitos básicos de biologia com alunos. Convidamos aluno e professor a participar ativamente da investigação científica e compreender, de maneira simples, diversas questões que envolvem fenômenos biológicos. Os fascículos poderão servir como guia para atividades; porém, mais importante que segui-los à risca é criar condições para que a investigação científica aconteça de maneira agradável, livre e criativa.  

Fascículo 3: Esquematizando e modelando células com imagens microscópicas reais

Descrição: 
Fascículos destinados a professores do Ensino Fundamental e Médio com sugestões de atividades nas áreas de biociências e saúde, com especial ênfase nos primeiros volumes para biologia celular e dengue.A série de fascículos "Com Ciência na Escola" é uma publicação do setor de inovações educacionais do laboratório de biologia celular, vinculado ao departamento de ultra-estrutura e biologia celular do Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz.Os diversos fascículos se dispõem a auxiliar técnica e cientificamente o desenvolvimento de experimentos participativos em salas e laboratórios nas escolas. Apresenta sugestões de atividades práticas, com observação e experimentação, para introduzir a construção de conceitos básicos de biologia com alunos.Convidamos alunos e professor a participar ativamente da investigação cientifíca e compreender de maneira simples, diversas questões que envolvem fenômenos biológicos. Os fascículos poderão servir como guia para atividades; porém, mais importante que seguí-los à risca e criar condições para que a investigação cientifíca aconteça de maneira agradável livre e criativa.O microscópio age como um complemento do olho, permitindo-nos distinguir objetos 10 mil vezes menores do que 1 (um) milímetro. Descobrir como e porque as lentes aumentam, descobrir que a capacidade de aumento de um microscópio depende do seu conjunto de lentes e compreender assim o poder de resolução do microcópio.No último fascículo da série sobre microscópios, três atividades familiarizam o aluno a imagens reais de células, obtidas por microscópios ópticos ou eletrônicos. O objetivo é libertar o aluno dos sistemas de livros e permitir que ele elabore o próprio esquema, a partir de imagens reais. 

Fascículo 2: Experimentando com o microscópio

Descrição: 
Fascículos destinados a professores do Ensino Fundamental e Médio com sugestões de atividades nas áreas de biociências e saúde, com especial ênfase nos primeiros volumes para biologia celular e dengue.A série de fascículos "Com Ciência na Escola" é uma publicação do setor de inovações  educacionais do laboratório de biologia celular, vinculado ao departamento de ultra-estrutura e biologia celular do Instituto Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz.Os diversos fascículos se dispõem a auxiliar técnica e cientificamente o desenvolvimento de experimentos participativos em salas e laboratórios nas escolas. Apresenta sugestões de atividades práticas, com observação e experimentação, para introduzir a construção de conceitos básicos de biologia com alunos. Convidamos alunos e professor a participar ativamente da investigação cientifíca e compreender de maneira simples, diversas questões que envolvem fenômenos biológicos.Os fascículos poderão servir como guia para atividades; porém, mais importante que seguí-los à risca e criar condições para que a investigação cientifíca aconteça de maneira agradável livre e criativa.O microscópio age como um complemento do olho, permitindo-nos distinguir objetos 10 mil vezes menores do que 1 (um) milímetro. Descobrir como e porque as lentes aumentam, descobrir que a capacidade de aumento de um microscópio depende do seu conjunto de lentes e compreender assim o poder de resolução do microcópio.As cinco atividades deste fascículo ensaiam o uso de um microscópio, a partir da observação de células vegetais, do efeito da luz sobre cloroplastos, do movimento da água através de membranas celulares, da análise microscópica da extração de pigmentos e, por fim, da montagem de um quebra-cabeça de células vegetais.
Inscreva-se em Fundação Oswaldo Cruz Instituto Oswaldo Cruz Laboratório de Educação em Ambiente e Saúde