Movimento antivacina e suas ameaças

Objetivo educacional: 
Discutir o movimento antivacina e suas ameaças após a Organização Mundial da Saúde (OMS) incluir este ano o movimento antivacina entre as dez maiores ameaças à saúde global e explicar a importância da vacinação e procurar desfazer mitos e boatos em torno do assunto.
Descrição: 
Esta edição do programa Sala de Convidados do Canal Saúde, discute o movimento antivacina e suas ameaças após a Organização Mundial da Saúde (OMS) incluir este ano o movimento antivacina entre as dez maiores ameaças à saúde global. Ele passou a figurar numa lista ao lado de riscos como o ebola, o HIV, a dengue e a influenza, mais conhecida no Brasil como gripe. Segundo a OMS, os movimentos antivacina são tão perigosos quanto os vírus das doenças que aparecem nesta lista, porque ameaçam reverter o progresso alcançado no combate a doenças evitáveis por vacinação, como o sarampo e a poliomielite. O programa debate as ameaças que o movimento antivacina representa, explicar a importância da vacinação e procura desfazer mitos e boatos em torno do assunto. Debatem o assunto, a coordenadora da Assessoria Clínica (Asclin) do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos da Fundação Oswaldo Cruz (Bio-Manguinhos - Fiocruz), Maria de Lourdes de Sousa Maia; a médica pediatra, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Imunização (SBIm), Isabella Ballalai; e o Infectologista pediátrico do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), Marcio Nehab.
Autor/Criador: 
MAIA, Maria de Lourdes de Sousa
BALLALAI, Isabella
NEHAB, Marcio

Editora/Publicador:

Linguagem:

Formato:

Cobertura:

Data da publicação: 
06/18/2019
Ano de Publicação: 
2 019
Descrição dos direitos autorais: 
Uso não comercial - Partilha nos mesmos termos 3.0 Não adaptada CC BY NC - SA
Direitos autorais: 
Fundação Oswaldo Cruz
Nível de agregação: 
1-Menor nível
Contexto Educacional: 
Aperfeiçoamento
Público Alvo: 
Profissionais de Saúde, Alunos e População em geral
Status: 
Final