O que é?

O CVSP é um espaço para desenvolver cooperação interdisciplinar no campo de formação em saúde pública. Um espaço comunicacional e de aprendizagem, resultado de uma parceria entre a OPAS e os países da região das Américas. Uma rede descentralizada de indivíduos, instituições e organizações que compartilhem cursos, recursos, serviços e atividades de educação com o objetivo comum de fortalecer as competências da força de trabalho em saúde pública. Faz uso intensivo de novas tecnologias de informação e comunicação, e educação em saúde e espera se tornar um espaço de criatividade e inovação.

Em termos estratégicos, as ações do CVSP são orientadas, entre outros, pelos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio das Nações Unidas, a Agenda de Saúde do Américas 2008 - 2017 e as metas regionais de Recursos Humanos para a Saúde 2008-2015.

O CVSP oferece um espaço de cooperação e de aprendizagem em rede para acesso a cursos, utilização e avaliação dos diversos recursos online e estratégias para desenvolver e promover serviços que beneficiem a todos participantes da rede de forma a:

  • Facilitar a gestão da informação e comunicação para desenvolver competências individuais e capacidades institucionais em saúde pública.
  • Disponibilizar novas tecnologias de informação e comunicação
  • Trocar informação sobre princípios, métodos, esquemas operacionais e lições aprendidas nas experiências regionais, sub-regionais, nacionais e institucionais
  • Fazer avaliações de tecnologias acadêmicas, prosseguir e adquirir subsídios para atingir objetivos comuns
  • Promover e apoiar estratégias alternativas de cooperação em rede, regionais, sub-regionais, nacionais e institucionais.

 

MISSÃO, VALORES E PRINCÍPIOS

A missão, valores e princípios que formam a identidade e a razão de ser para o Campus Virtual de Saúde Pública, e estão sujeitas a um aprofundamento no modelo estratégico.

Missão

Desenvolver através da cooperação, interação e aprendizado em rede, as capacidade institucionais e as competências individuais dos trabalhadores para manter um processo de educação permanente permitindo a contínua melhoria do desempenho das práticas saúde pública. É baseado em um modelo de gestão que opera de forma cooperativa e descentralizada, com a participação de instituições prestadoras de serviços de saúde, ensino e pesquisa, gestores, pesquisadores, professores, bem como as associações técnicas e profissionais no mercado de trabalho em saúde pública nos países da Região das Américas.

Esta definição reconhece que o CVSP é um conjunto selecionado, persistente e estruturado de instituições comprometidas com o desenvolvimento de produtos e serviços de informação e formação em saúde pública, que compartilham os princípios do campus e estabelecem o compromisso de trabalhar através de uma rede colaborativa e coordenada para atender a sua missão. Este é um contrato social e não legal.

A definição também reforça o conceito de inclusão de instituições acadêmicas, governo, serviços, consultoria e pesquisa em saúde, bem como organizações da sociedade civil e agências internacionais nos acordos de gestão do campus. Em relação a questões específicas de governança, cada instituição ou grupo pode ter interesses diferentes, papéis e participação, que em alguns casos pode se sobrepor, porém mediante a espaços de intercâmbio de serviços no Campus, podem se tranformar em oportunidades para de colaboração .

Valores

O Campus Virtual tem como seu próprio quadro de valores para orientar a cooperação técnica da OPAS.

  • Equidade: Lutar por igualdade e justiça, mediante a eliminação das diferenças em saúde que são desnecessárias e evitáveis.
  • Excelência : Atingir o mais alto padrão de qualidade naquilo que fazemos.
  • Solidariedade :Promover a partilha de interesses e responsabilidades e os esforços coletivos para alcançar objetivos comuns.
  • Respeito: Abraçando a dignidade e diversidade de indivíduos, grupos e países.
  • Integridade: Garantir a transparência, ética e responsável.

Princípios

No  seu modelo estratégico, o CVSP estabelece os seguintes princípios:

  • Bem público: Formação de um espaço coletivo de propriedade por parte dos países da região que representa um bem público global e opera como uma fonte comum e de acesso livre e universal.
  • Rede: Criação de um modelo de gestão aberta, que opera de forma descentralizada métodos de construção cooperativa, conhecimentos e ferramentas de aprendizagem on-line, baseado em evidências e boas práticas de saúde pública e sensível às prioridades definidas em cada país e região na área de recursos humanos em saúde pública.
  • Solidariedade: Promoção de solidariedade nos países e populações com maior contextos geopolíticos e maiores necessidades sociais e de saúde pública. Promover processos que para reduzir as brechas digitais com atenção especial as questões de gênero e interculturalidade.
  • Controle de qualidade: Fortalecimento de processos de qualidade, relevância, avaliação e controle de processos, recursos e serviços de educação para a Força de Trabalho em Saúde Pública.

Leia também:

Como compartilhar e colaborar.