Deficiência física e sexualidade

Objetivo educacional: 
Prover saberes sobre a sexualidade das pessoas com deficiência física como direito de cada um exercer seu erotismo e sua sensualidade.
Descrição: 
No programa de hoje eu convido você a lançar um novo olhar sobre um assunto ainda pouco discutido, a sexualidade da pessoa com deficiência física. Em uma sociedade que só enxerga beleza no corpo considerado normal, quem tem deficiência fica meio invisível aos olhos da maioria. Como se não tivesse direito de exercer a própria sexualidade. Mas hoje a gente vai mostrar que muletas ou cadeiras de rodas não impedem o erotismo e a sensualidade e que o desejo sexual existe dentro de todo corpo, independente da forma que ele tenha. A apresentadora do programa, Marcela Morato, conversou com Lilia Pinto Martins, psicóloga do Centro de Vida Independente do Rio de Janeiro (CVI/RJ). Mostra de Charges de Ricardo Ferraz; Leandra Migotto Certeza, jornalista e consultora em inclusão, idealizadora do projeto "Fantasias Caleidoscópicas" que mostra sua performance com as fotos de Vera Albuquerque; Depoimento de Lívia Guimarães, deficiente física de 29 anos.
Autor/Criador: 
FIGUEIREDO, Rafael
PAIVA, Christovão
COSTA, Eduardo
MORATO, Marcela

Contribuidor:

Editora/Publicador:

Linguagem:

Formato:

Cobertura:

Data da publicação: 
08/09/2018
Ano de Publicação: 
2 015
Descrição dos direitos autorais: 
Uso não comercial - Partilha nos mesmos termos 3.0 Não adaptada CC BY NC - SA
Direitos autorais: 
Fundação Oswaldo Cruz
Nível de agregação: 
1-Menor nível
Contexto Educacional: 
Aperfeiçoamento
Público Alvo: 
Médicos, Enfermeiros, Psiquiatras, Psicólogos, Portadores de Deficiência, Alunos e População em Geral
Status: 
Final