Brincar e tratamento [Criança hospitalizada]

Descrição: 
Quando uma criança é hospitalizada o mundo dela muda completamente. Os estímulos, antes lúdicos, agora são incômodos e dolorosos. A criança se vê longe dos amigos, da sua casa, dos seus brinquedos e precisa confiar em pessoas completamente estranhas a ela. É nessa hora que a brincadeira surge como uma grande aliada no tratamento da criança. No programa de hoje vamos mostrar as características do brincar no contexto hospitalar, a importância da humanização do tratamento, a função terapêutica da brincadeira e o papel da família neste processo. A apresentadora Mônica Bittencourt conversou com Rosa Mitre, terapeuta ocupacional, coordenadora do Saúde e Brincar, pesquisadora do Instituto Fernandes Figueira IIF/Fiocruz. Participações: Fernanda Maia, terapeuta ocupacional do IFF/Fiocruz; Participações: Ubiranilde Azevedo, mãe da Sara Raquel; Daniela Aparecida Andrade, mãe da Camille Vitória.
Objetivo educacional: 
Prover saberes sobre a função terapêutica do uso de jogos e brincadeiras no contexto hospitalar durante a hospitalização de crianças

Contribuidor:

Editora/Publicador:

Linguagem:

Formato:

Data da publicação: 
terça-feira, Julho 10, 2018
Descrição dos direitos autorais: 
Uso não comercial - Partilha nos mesmos termos 3.0 Não adaptada CC BY NC - SA
Direitos autorais: 
Fundação Oswaldo Cruz
Nível de agregação: 
1-Menor nível
Contexto Educacional: 
Aperfeiçoamento
Público Alvo: 
Médicos, Enfermeiros, Alunos e População em Geral
Status: 
Final
Autor Completo: 
Figueiredo, Rafael
Paiva, Christovão
Costa, Eduardo
Bittencourt, Mônica
Ano de Publicação: 
2 015