Fome Emocional

Descrição: 
Você já se deu conta de que a comida, que serve para nutrir o nosso corpo, também alimenta as nossas emoções? Você tem fome de quê? Quando está chateado, por exemplo, comer alguma coisinha te faz sentir melhor? E que tipo de alimento você busca nessas horas? Hoje a gente quer entender a ligação entre a fome e as emoções. Vamos explicar como essa relação é criada, ainda na infância e refletir sobre a forma como nos alimentamos na vida adulta. Tédio, ansiedade, tristeza, Solidão, será que a comida pode saciar esses sentimentos? O que devemos nos perguntar antes da primeira garfada? A apresentadora Marcela Morato, jornalista e Joana de Vilhena Novaes, psicanalista abordaram este tema. Participações: Kelly dos Santos Silva; Rosélia Veppo; Edson França Lião Silva; Ana Cláudia dos Santos Lima. Indica o livro: Que corpo é esse que anda sempre comigo? Corpo, imagem e sofrimento psíquico.
Objetivo educacional: 
Prover saberes sobre o transtorno da compulsão alimentar, explicar como essa relação é criada e refletir sobre a forma como nos alimentamos.

Editora/Publicador:

Linguagem:

Formato:

Cobertura:

Data da publicação: 
quinta-feira, Maio 24, 2018
Descrição dos direitos autorais: 
Uso não comercial - Partilha nos mesmos termos 3.0 Não adaptada CC BY NC - SA
Nível de agregação: 
1-Menor nível
Contexto Educacional: 
Aperfeiçoamento
Público Alvo: 
Profissionais, Alunos, População em geral
Status: 
Final
Autor Completo: 
Figueiredo, Rafael
Paiva, Christovão
Morato, Marcela
Ano de Publicação: 
2 016