A BIREME e seu papel estratégico na Saúde nas Américas+

Bireme

‘Saúde nas Américas’ é a publicação mais relevante da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) para cumprir a função de gerar, compilar, analisar e difundir informação no campo da saúde, sendo publicada de maneira ininterrupta a partir de 1956.

Ao longo da história, foram abordados diversos temas em função de fatores sociais, ambientais, políticos ou técnicos que afetavam as condições de saúde da população das Américas. No entanto, em números recentes começaram a ser incorporados alguns aspectos relacionados com previsões e visões futuras que poderiam impactar ou orientar os processos de tomadas de decisão informadas ou baseadas em evidência no campo da Saúde Pública. Nesta linha, a edição 2017, intitulada de “Saúde nas Américas+” apresenta uma visão de futuro que permitirá definir ações destinadas a fortalecer a consecução dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). Uma dessas ações foi denominada “Saúde Pública na Sociedade da Informação” e manifesta a importância de que as instituições de saúde considerem, entre outras coisas, cinco princípios orientadores estratégicos: 1) Promoção de uma Ciência Aberta, 2) Uso de Dados Abertos que respeitem a privacidade e a confidencialidade das pessoas, 3) Processamento de dados não estruturados, 4) Renovação constante de competências de recursos humanos de saúde e 5) Convergência com as iniciativas de Governo Eletrônico.

Hoje mais do que nunca, devido à expansão maciça e quase sem controle de conteúdos sobre saúde na Internet, é fundamental cooperar com os países no “desenvolvimento de capacidades e infraestruturas nacionais para a gestão, acesso, organização, indexação, preservação e disseminação e acesso à informação, conhecimento e evidência científica, em sintonia com o desenvolvimento das metodologias e tecnologias correspondentes”. Por este motivo a BIREME foi criada em 1967 e estes têm sido seus objetivos em seus 50 anos de vida como centro especializado da OPAS/OMS.

Por isso, em 26 de julho de 2017, a BIREME, em colaboração com o Departamento de Doenças Transmissíveis e Análises de Saúde (CHA), desenvolveu, com a presença de vários países do mundo e com a equipe da OPAS, o primeiro Webinar de uma série que a Organização se propõe a implementar para anunciar a chegada da publicação “Saúde nas Américas+, Edição 2017” a todos os seus públicos.

O evento contou com a presença e palavras de abertura do Dr. Francisco Becerra Posada, Subdiretor da OPAS/OMS, bem como do Diretor da BIREME, Dr. Diego González. O evento teve duas aulas magistrais, a primeira ministrada pelo Dr. Manuel Pena, Coordenador Técnico da Publicação,que apresentou a visão da OPAS/OMS sobre “Saúde nas Américas+, edição 2017”,  e a segunda esteve a cargo do Sr. Marcelo D’Agostino, Assessor Especial de Sistemas de Informação e Gestão do Conhecimento, que falou sobre o tópico “Saúde Pública na Sociedade da Informação”. Após as conferências houve uma série de perguntas e respostas moderadas pela BIREME até o encerramento do evento.

A tradição, conhecimento, experiência e liderança da BIREME, fortalecida pelo apoio da rede de instituições e profissionais especializados em ciências de informação em saúde, serão peças fundamentais para que os países membros da OPAS/OMS alcancem os ODS.

Vem algo muito importante por aí; participe e faça parte da rede de profissionais interessados neste tema com um clique. Clique aqui para se inscrever.