Ceensp: Objeção de consciência e Aborto - Débora Diniz

Descrição: 
Uma menina de 12 anos, grávida de gêmeos, resultado do estupro do tio e encaminhada para uma unidade credenciada para fazer o aborto legal, acabou sendo levada pelos médicos que a atenderam para a Justiça decidir se ela poderia ou não realizar o procedimento. Esse foi o estudo de caso apresentado pela pesquisadora, que debateu a objeção de consciência e aborto. Segundo a expositora, o conflito moral, e não o atendimento prestado, foi o principal obstáculo até que a criança conseguisse realizar a intervenção, levantando um debate ético entre médicos, promotores e juízes. Arquivo disponível para audição e/ou download no ícone ao lado.

Linguagem:

Formato:

Fonte: 
Arq
Descrição dos direitos autorais: 
Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada (CC BY-NC-ND 3.0)