Destinação de sedimentos contaminados no processo de dragagem da Baía de Sepetiba

Descrição: 
Júlio iniciou a palestra destacando alguns contaminadores dinâmicos: a ciclicidade, a mobilidade física e química, a avaliação dos organismos, a especiação e o fracionamento. E ressaltou que existe ainda o caminho que os metais pesados (cádmio, zinco, mercúrio, chumbo) percorrem e que geram a contaminação, como a incineração de fusão/exaustão, o tratamento de esgoto e resíduos sólidos no solo, o vazamento de efluentes e o lançamento de efluentes. O professor explicou que a destinação dada ao material contaminado dragado na Baía de Sepetiba foi o Compartimento para Disposição de Sedimentos Contaminados (CDF), cujo objetivo é depositar os sedimentos contaminado por metais pesados, de maneira que não haja vazamento do material. Segundo o professor, o impacto do processo foi a ressuspensão. "O CDF é um grande aliado para a destinação de sedimentos contaminados, ele é destinado para trabalhar com a sedimentação de metais pesados", finalizou. Arquivo disponível para leitura e/ou download no ícone ao lado.

Linguagem:

Formato:

Fonte: 
CCI
Descrição dos direitos autorais: 
Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada (CC BY-NC-ND 3.0)

Tags (palavra-chave):