Ceensp: Economia da saúde: uma perspectiva macro econômica 2000 a 2005 - Maria Angelica

Descrição: 
Apresenta os objetivos e metas do trabalho e a parte do estudo que focaliza o consumo final de bens e serviços de saúde. Segundo as pesquisas, do total das despesas relacionadas com bens e serviços de saúde, a administração pública respondeu por 38,8%; as famílias, por 60,2%; e as instituições sem fins lucrativos a serviço das famílias, 1,0%. Dos gastos das famílias, os mais importantes foram aqueles com consultas, serviços médicos em geral e medicamentos. A Saúde Pública foi a principal despesa de consumo final das administrações públicas (passou de 2,4% a 2,6% do PIB, entre 2000 e 2005). Os arquivos estão disponíveis para leitura, audição e/ou download nos ícones ao lado.

Linguagem:

Formato:

Fonte: 
CCI
Descrição dos direitos autorais: 
Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada (CC BY-NC-ND 3.0)

Tags (palavra-chave):