Projeto para novo modelo de gestão hospitalar para o Ministério da Saúde

Descrição: 
Dois anos se passaram desde que o então ministro da Saúde, Saraiva Felipe, convidou a ENSP/Fiocruz para formular um novo modelo de gestão para os hospitais federais situados no Rio de Janeiro, após a crise no SUS, que teve início em dezembro de 2004. Agora, na segunda gestão do presidente Lula e com o apoio do ministro da Saúde, José Gomes Temporão, que considera o projeto prioritário para a sua gestão, o pesquisador do Departamento de Administração e Planejamento em Saúde (Daps/ENSP/Fiocruz), Pedro Barbosa, que coordena a vertente de hospitais do projeto de Fundação Estatal, aguarda o sinal verde do Legislativo para tirar do papel a transformação dos dois primeiros hospitais em fundações estatais, escolhidos por Temporão: o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO) e o Instituto Nacional de Cardiologia. Em entrevista ao Informe ENSP, Pedro Barbosa fala das expectativas do governo federal em relação a esse novo ente jurídico, que tem coordenação política e técnica do Ministério do Planejamento e ganhou consistência a ponto de ser ampliado para a área social do governo federal, envolvendo dez setores do governo.

Linguagem:

Formato:

Fonte: 
apresentações
Descrição dos direitos autorais: 
Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada (CC BY-NC-ND 3.0)

Tags (palavra-chave):